Notícia

Ciberdefesa: UE reforça a ação contra as ciberameaças

A Comissão e a Alta Representante apresentaram hoje uma comunicação conjunta sobre uma política da UE em matéria de ciberdefesa e um plano de ação para a mobilidade militar 2.0, a fim de abordar o ambiente de segurança degradante na sequência da agressão da Rússia contra a Ucrânia e reforçar a capacidade da UE para proteger os seus cidadãos e as suas infraestruturas. Com a sua nova política de ciberdefesa, a UE reforçará a cooperação e os investimentos em ciberdefesa para melhor proteger, detetar, dissuadir e defender um número crescente de ciberataques. Mais informações no comunicado de imprensa, no documento de perguntas e respostas e na Estratégia da UE para Cibersegurança para a Década Digital.

Partilhar:
Voltar